Bancadas de cozinha: vantagens e desvantagens das diferentes pedras

bancadas de cozinha intro

Neste post falaremos sobre as vantagens e desvantagens das opções de pedras naturais e artificiais para a produção de bancadas de cozinha.

Na hora de construir ou reformar, uma das maiores dúvidas que surge na cabeça daqueles que encaram a empreita é: “Qual pedra escolho para minhas bancadas?”

Esse questionamento, além de ser recorrente, pode ser difícil de ser respondido – especialmente quando grande parcela da população é leiga quanto às propriedades das pedras, sejam elas naturais ou artificiais.
Não só isso. A cada dia são lançadas no mercado novas pedras industrializadas que prometem maior desempenho e resistência ao risco e manchamento, por exemplo. Então estar por dentro de todas essas novidades não é tarefa fácil.

“Granito, Mármore, Corian, Nanoglass, Marmoglass, Dekton, Neolith, Porcelanato, Quartzo. São tantas as opções! Qual devo escolher?”

Para ajudar a esclarecer as informações disponíveis e e te ajudar na missão de escolher a pedra de suas bancadas de cozinha, hoje vamos tratar a respeito das características mais gerais das pedras hoje disponíveis no mercado assim como suas vantagens e desvantagens.

1 – Bancadas de granito.

O granito é um tipo de rocha de origem natural comumente encontrada na natureza. Como seu próprio nome sugere, a palavra granito vem do latim granum, que signifca grão.

Assim, a grande característica física desta pedra é sermos capazes de observar a olho nu os grãos, isto é, os minerais que as compõem.

Bancada no granito Branco Ceará – Nele é fácil perceber o padrão de textura granular do granito

Por ser uma rocha ainda com disponibilidade bastante abundante na natureza, as bancadas feitas com granitos são as opções mais econômicas no mercado.

Vantagens:

  • Como já foi dito, uma das maiores vantagens atribuídas ao granito é seu baixo custo de instalação.
  • Além disso, as bancadas de granito oferecem baixa manutenção. Tendo em vista sua altaresistência, ela responde bem a pancadas e arranhões. A resistência se estende, inclusive, às altas temperaturas. Não precisa se preocupar com panelas quentes sobre sua superfície.
  • Uma das vantagens a ser destacada é seu design único. Pelo fato de os granitos serem formados por composições mineralógicas que não se repetem, nunca haverá a reprodução idêntica de granitos, inclusive do mesmo tipo. A sua bancada de cozinha será única!

Desvantagens:

  • Pelo fato de ser a pedra mais comumente encontrada e, portanto a mais barata, a escolha pelos granitos, em certa medida, pode trazer um efeito menos exclusivo e sofisticado ao seu projeto.
  • Por ser uma pedra de origem natural e apresentar porosidade maior que as pedras industrializadas, está mais propensa a absorver líquidos e manchar.
  • A variedade de cores é limitada se comparada às opções de pedras artificiais. Além disso, lembre-se: não existe granito de cor sólida, isto é, sempre haverá as manchinhas dos minerais na sua superfície.
  • Apresenta baixa resistência a agentes químicos. Assim, materiais de limpeza mais abrasivos tendem a danificá-la. Isso impacta na retirada do brilho e perda das características da pedra. A recomendação é limpeza apenas com sabão neutro e água.
Bancada e ilha no granito Branco Itaúnas
Bancada no granito Verde Ubatuba

2 – Bancadas de Corian

Sendo uma rocha artificial, é constituída por uma mistura composta por 30% de polímeros de acrílico e 70% de minerais naturais. Suas principais características são: a facilidade de moldagem, a possibilidade de eliminar juntas visíveis, sua capacidade translúcida e sua grande dureza e resistência à abrasão.

O grande destaque para as bancadas produzidas em Corian é sua possibilidade de personalização exclusiva graças ao processo de usinagem. Em outras palavras, é possível ter uma bancada de cozinha com o desenho que você quiser: sem emendas aparentes, pode-se ter cantos curvos. As cubas, inclusive, podem ser moldadas com este material. Ótima opção para quem não gosta das cubas em inox.

Bancada em Corian na cor branca com usinagem curva

Vantagens:

  • O Corian não amarela por não sofrer as ações dos raios ultravioletas.
  • É uma material seguro. Não propaga as chamas e é um material inerte. Evita a proliferação de fungos e bactérias.
  • A colagem das peças de Corian não deixa emendas, o que impossibilita o acúmulo de resto de alimentos e limo, por exemplo. Traz mais higiene! Além disso, garante um visual uniforme.
  • Não mancha. Como uma pedra impermeável, é resistente às ranhuras e ao desenvolvimento de manchas, incluindo o branco. Diz riscar menos que o aço inox.
  • Versatilidade de cores. Atualmente estão disponíveis cerca de 100 opções de cores, das mais claras às mais escuras.

Desvantagens:

  • O material suporta até 150ºC sem se curvar. Isso quer dizer que não responde bem às altas temperaturas. O uso de um maçarico de cozinha pode causar deformações à peça, por exemplo.
  • Custo alto. O Corian é uma das opções de revestimento mais caras do mercado, ultrapassando o valor do granito, do mármore e do Quartzo.
  • Sua dureza é inferior a materiais como o granito, que falamos há pouco, ou de outras pedras industrializadas de base mineral.
Bancada e ilha produzidas no Corian Seagrass

3 – Bancadas de Quartzo

A pedra sintética Quartzo hoje é quase sinônino de Silestone, que, no entanto, é apenas a principal marca a comercializar essa superfície e não a pedra em si.
Sua composição, com cerca de 94% de quartzo natural adicionado a corante e resinas, proporciona altíssima resistência e durabilidade. 

O quartzo, sem dúvida, é um dos materiais que mais tem caído no gosto dos brasileiros. A cada dia, clientes tem optado por bancadas de cozinha e banheiros executados com essa pedra artificial. Não só pelo custo mais acessível se comparado à outras rochas industrializadas, mas pela superfície uniforme e gama extensa de cores disponíveis.

Hoje existem outras empresas que produzem esse material. No entanto, a sua composição pode variar de um fabricante para outro o que incidirá sobre diferentes padrões de qualidade, fidelidade de cores e garantias. É importante se certificar dessas questões ao optar por uma outra marca de quartzo.

As características físicas das superfícies em quartzo são: superfícies lisas, homogêneas e que refletem bastante brilho. Embora menos comuns, há as opções ainda com certa granulagem.
Quanto às cores, são mais de cinquenta tons. Em relação aos acabamentos, são três os tipos mais comuns: polido, suede e volcano.
O acabamento polido é o mais tradicional. Ele tem uma superfície brilhante, os detalhes do material são mais nítidos e a peça é mais bem protegida. No suede a superfície é mais fosca, chegando a ser opaca. E no vulcanizado a superfície tem pequenos buracos, tornando o material poroso e texturizado – servindo apenas a propostas específicas, pois demora mais tempo para ser produzido.

Detalhe de Bancada Vulcanizada – Silestone Volcano Finish

Vantagens:

  •  Há uma grande variedade de cores e acabamentos que podemos encontrar no mercado. Existem mais de 100 cores disponíveis e diversos acabamentos e texturas, que fazem com que cada bancada seja única.
  •  Resistência às manchas. Por conta do quartzo compacto, a superfície não é porosa, o que permite que as manchas não penetrem na bancada.
  • Essas bancadas têm proteção antibacteriana, por isso não há perigo de proliferação bacteriana.

Desvantagens:

  • Ela não é resistente às altas temperaturas. Isso quer dizer que você deve evitar colocar panelas e outros recipientes quentes sobre a sua superfície para que ela não fique marcada. O que, convenhamos, não é uma solução muito prática para uma bancada de cozinha. Não é mesmo?
  • A superfície de quartzo (principalmente as de cores intensas) não deve ser utilizada em locais com intensa radiação solar e nem exposta a lâmpadas que emitem raios UV. Ela desbota quando exposta à radiação ultravioleta.
Bancada em Silestone Marengo

4 – Bancadas de Nanoglass

A pedra Nanoglass é de origem sintética e desenvolvida a partir da mistura de pó de vidro e resinas através de um processo – a nanotecnologia – que traz como resultado uma superfície bastante homogênea e brilhosa, tal como o vidro.

O resultado desta mistura é um material de alta durabilidade por sua baixa porosidade, com superfície de brilho intenso e acabamento cristalizado. Além da baixa porosidade, a bancada nanoglass também tem a vantagem de ser muito resistente a impactos e riscos, o que faz com que a pedra nanoglass possa ser usada com múltiplas funcionalidades.

Vantagens:

  • É um material durável, com maior resistência do que mármores e granitos.
  • Por apresentar baixa porosidade, não tem propensão a desenvolver manchas ou encardir.
  • Apresenta cor bastante homogênea (sem granulosidade) e brilho intenso.

Desvantagens:

  • Por ser uma pedra importada, no Brasil só é disponibilizada na cor branca, o que limita as opções.
  • Por ser um material extremamente rígido, se exposta à altas temperaturas ou uma sobrecarga, sua superfície pode desenvolver trincas e rachaduras que não podem ser recuperadas.
Bancada e ilha em Nanoglass branco e seu efeito vitrificado

Sobre este último ponto, eu mesma já vi uma cliente ter feito as bancadas do seu espaço gourmet todas em Nanoglass e, por mau uso, elas não só trincaram, mas racharam em toda sua extensão. Imagina o prejuízo e dor de cabeça para substituí-las por outro material!

5 – Bancadas em Marmoglass

De fabricação muito semelhante ao Nanoglass, o Marmoglass, como o próprio nome sugere, tem na sua composição o pó de mármore e o vidro como protagonistas.

Na verdade, o Nanoglass foi lançado ao mercado como uma produto superior ao Marmoglass pelo fato de apresentar uma superfície de cor mais homogênea, enquanto o Marmoglass tem uma superfície mais granulosa. Essa granulometria é representada por pintinhas pretas na sua superfície.

O Marmoglass possui textura homogênea, alta densidade e brilho intenso, promovendo a criação de ambientes exclusivos.

Vantagens:

  • O material é caracterizado por sua excelente resistência e baixa porosidade. Por isso, torna-se difícil de riscar e apresentar manchas.
  • O marmoglass possui brilho intenso e pode ser uma excelente escolha para quem gosta do efeito cristalizado nas bancadas de cozinha.
  • Com excelente resistência ao calor e a ataque de ácidos e alcalinos, o Marmoglass possui absorção nula de água ou poluentes, sendo inalterável a ação do tempo.

Desvantagens:

  • As bolhas de ar presentes na superfície do marmoglass fazem com que a aparência não seja completamente homogênea.
  • Essas mesmas bolhas de ar que se formam durante a sua fabricação geram alguma dificuldade no acabamento e diminuem a resistência superficial do material, podendo lascar.
Bancada em Marmoglass amarelo

6 – Bancadas de Neolith e Dekton

Primeiramente, gostaria de explicar a razão pela qual optei por falar dessas duas pedras ao mesmo tempo: simples! Tanto o Dekton quanto o Neolith são o mesmo tipo de produto, o que significa que são fabricadas da mesma maneira, mas Dekton e Neolith são duas marcas diferentes.

Lançadas há poucos anos para re-vo-lu-ci-o-nar o mercado das pedras industrializadas, o Neolith e o Dekton entram dentro de uma categoria denominada de “pedra sinterizada” ou também conhecidas como superfícies ultracompactadas.
Para quem não sabe, o processo de sinterização é um termo comumente utilizado na indústria metalúrgica para se referir a um processo de misturas de minérios finamente granulados submetidos a calor e pressão tão intensos que amolecem suas partículas e a fundem em uma massa homogênea não porosa.
Este é, por sinal, o mesmo processo que a Terra produz pedras naturais, isto é, através de temperaturas e compactação extremamente altas.

O processo de sinterização elimina a necessidade de qualquer resina ou polímero.
Com opções de cores semelhantes em aparência à pedra, mármore, aço corten, madeira, cimento e tantas outras, apresentam diversas opções de aplicação e acabamentos.

Feitos de produtos totalmente naturais e recicláveis, o Neolith e o Dekton unem os elementos necessários para criar um produto extremamente resistente, robusto, leve, resistente a UV e muito versátil.

A alta tecnologia empregada na fabricação destes materiais traz como resultado imediato um crescimento na popularidade do material à medida que designers e arquitetos se familiarizam com as muitas vantagens do material.

Eu, particularmente, já tive a oportunidade de trabalhar com bancadas em Neolith em diversas situações e os clientes ficam sempre boquiabertos com as vantagens deste material.
Um dos testes que mais gosto de apresentar é a ultra resistência ao risco. Assim, com a ponta de uma faca tento riscar sua superfície aplicando força. A bancada permanece intacta. Esse material é, de fato, surpreendente.
Mas bem, deixando a parcialidade de lado, vamos às vantagens e desvantagens na escolha destes materiais.

Vantagens:

  • As bancadas de pedra sinterizada são eco-friendly ao serem fabricadas com mais de cinquenta por cento de materiais reciclados e são totalmente isentas de resina.
  • As bancadas de superfície ultracompactas não são porosas. Mesmo que líquidos como vinho, suco de frutas, chá ou café estejam sobre a bancada, ele não mancha.
  • Aparelhos que produzem calor, panelas e frigideiras podem ser colocados diretamente na bancada sem queimar ou danificar a bancada pois é extremamente resistente ao calor. Você pode, inclusive, usar maçaricos diretamente sobre a bancada ou mesmo instalar os queimadores do fogão diretamente sobre a bancada da cozinha sem a necessidade de um cooktop.
  • A pedra sinterizada pode lidar com variações extremas de temperatura sem rachaduras.
  • As bancadas ultracompactas não arranham. Você pode cortar diretamente em suas bancadas sem arranhá-las. No entanto, facas de cerâmica não devem ser usadas nas bancadas.
  • Resistente a produtos químicos – A superfície da bancada é resistente a produtos químicos agressivos, o que significa que praticamente qualquer produto de limpeza pode ser usado na bancada.
  • Segurança Alimentar – A superfície não porosa da bancada oferece uma superfície higiênica que reduz germes e bactérias.
  • Resistente aos raios UV – os raios UV não descolorirão suas bancadas de pedra sinterizada, o que significa que você pode colocar pedra sinterizada ao ar livre e a cor permanecerá vibrante.
  • Leve – a pedra sinterizada é leve. A lâmina de 3mm, por exemplo, pesa apenas 7kg por metro quadrado. No entanto, ele pode lidar com cargas pesadas.
Queimadores de fogão instalados sobre bancada de Neolith Calatorao Silk

Apesar dos inúmeros benefícios apresentados até aqui, a pedra sinterizada não está completamente livre de problemas. Mas afinal, que produto neste mundo está?

Desvantagens:

•    Se a bancada não estiver nivelada adequadamente, ela poderá exercer pressão sobre a bancada, resultando em rachaduras. Depois que as bancadas são instaladas corretamente, é incrivelmente durável; no entanto, antes e durante a instalação, ele pode rachar ou as bordas podem ser danificadas.

•    Não é compatível com DIY – bancadas de pedra sinterizada podem ser difíceis de instalar. Além disso, devido ao seu tamanho, elas podem ser pesadas.

•    Reparar pedras sinterizadas pode ser difícil e bastante caro. Confira a garantia do fabricante antes de comprar para garantir que os reparos sejam cobertos. Neolith oferece 10 anos de garantia. Dekton 25 anos de garantia!

•    Como esses produtos são bastante novos, pode ser um desafio encontrar um especialista em bancada com o conhecimento e a habilidade necessários para instalar essas bancadas. A Dekton, por exemplo, exige que o instalador seja certificado para fabricar este material.

•    Você deve tomar cuidado ao escolher suas bancadas, pois as cores podem variar se não forem selecionadas no mesmo lote.

  • Pelo fato de ser um dos materiais mais tecnológicos no quesito “pedras industrializadas”, a produção de bancadas de Neolith ou Dekton estão entre as opções mais caras hoje disponíveis no mercado.

Se interessou sobre a temática das pedras sinterizadas e quer saber ainda mais? Neste post falamos tudo o que você precisa saber sobre Neolith versus Dekton.

Bancada e ilha no Dekton Stonika Sogne
Bancada no Dekton Matt Black
Bancada, ilha e frontão no Neolith Calacata Silk
Espaço Gourmet com bancadas no Neolith Iron Corten
Detalhe da ilha e frontão da bancada no Neolith Zaha Stone

7 – Bancadas de Porcelanato

A primeira coisa que se pode dizer a respeito das bancadas de porcelanato é: essa é uma tendência que veio para ficar! As bancadas de cozinha em porcelanato, como o nome sugere, são produzidas a partir dos cortes do porcelanato convencional que encontramos no mercado, podendo ser elas esmaltadas ou produzidas com o que chamamos de porcelanato técnico, também conhecido como porcelanato massa única, que traz mais vantagens em relação ao primeiro por que ainda mais impermeável.

As bancadas feitas em porcelanato, se bem executadas, tendem a ser bastante resistentes e contam, sem sombra de dúvidas, com o maior número de opções de acabamento. Afinal de contas, pode ser executado com a marca de porcelanato de sua preferência. Vale lembrar: atente-se à compra de porcelanatos de marca consagrada. Há inúmeras marcas de porcelanatos de “fundo de quintal” que não apresentam nem boa argila, nem boa esmaltação. A falta de qualidade na escolha do seu porcelanato vai comprometer a durabilidade, acabamento e beleza da sua bancada de cozinha.

Mais uma dica de ouro: não se recomenda esculpir as cubas da bancada de cozinha com o porcelanato. Como a benfeitoria do porcelanato implica na colagem das faces com massa plástica, o peso das louças e outros utensílios de cozinha sobre o fundo da cuba, que é colado, tende a soltar com o passar do tempo. Opte sempre pelas cubas em Inox! Caso a instalação das bancadas seja feita nos banheiros, pode-se esculpir a cuba em porcelanato sem o menor problema.

Vantagens:

  • Os revestimentos cerâmicos são ideais para bancadas de cozinha e de áreas gourmet por sua baixa porosidade, o que reduz o surgimento de manchas.
  • Além disso, o material tem alta resistência a variações de temperatura, podendo receber panelas recém-saídas do fogo, por exemplo. Lembre-se que o porcelanato é produzido a temperaturas maiores que 1200°C!
  • O custo-benefício dos porcelanatos é frequentemente menor do que as pedras industrializadas.
  • Há uma gama muito grande de opções de porcelanatos.

Desvantagens:

  • A bancada de porcelanato não é a opção mais barata, pois sua mão de obra de instalação é mais trabalhosa e complexa.
  • As quinas, especialmente, tem uma propensão a lascar. Se o corte em ½ esquadria não for bem feito, as bordas vivas podem perder o esmalte com os impactos ou mesmo no corte do porcelanato.
  • Lembrando que por se tratar de uma bancada de porcelanato com formatos pré-definidos pelo mercado, sua bancada terá emendas visíveis a cada extensão de peça. Em outras palavras, caso você opte por um porcelanato no formato 90×90, necessariamente sua bancada terá emendas a cada 90 centímetros. Porém, já há no mercado lâminas de porcelanato com até 3,60m de extensão.
Ilha e nicho de cozinha executadas em lâmina de porcelanato de grande formato

Agora em posse de conhecimento o suficiente sobre as características das pedras naturais e industrializadas, fica claro que todas as pedras apresentam prós e contras. Assim, antes de tomar sua decisão, é preciso analisar qual o padrão de uso de sua cozinha, por exemplo,  para que você possa definir a melhor pedra para usar neste ambiente.

Para acertar na escolha, vale a pena  contar com a ajuda de arquitetos e designers de interiores. Afinal, eles podem fazer toda a diferença. Lembre-se que escolher a pedra para a bancada de sua cozinha ou banheiro é um investimento que irá durar por décadas, e você não quer ter a dor de cabeça por conta de uma decisão errada, certo?

Ficou com alguma dúvida? Faça seus comentários. Será um prazer lhe ajudar!

Júlia - Casa Uau

Publicações

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *