Decoração no estilo escandinavo: 10 dicas de como usá-lo

Decoração no Estilo Escandinavo para sua Casa

No post de hoje vamos falar sobre decoração no estilo escandinavo, listar suas características e, mais que isso, te dar 10 dicas de como acertar nesse estilo de decoração que se tornou um fenômeno global.

Origens do design escandinavo

Amado por sua simplicidade, função e conexão com o mundo natural, esse estilo de design de interiores oferece, ao mesmo tempo, elegância e discrição para os espaços residenciais.
A decoração no estilo escandinavo cresceu em grande parte devido à demanda por funcionalidade, onde o clima rigoroso do inverno no norte da Europa levou aqueles que moravam nessa área a valorizar a utilidade em detrimento da decoração. Essa deferência à funcionalidade também era um ideal importante do Bauhaus, movimento modernista que, além de outras escolas, influenciou o desenvolvimento da arquitetura escandinava.

Muitas vezes sendo rotulado como sinônimo de minimalista, o design limpo da arquitetura e decoração dos países escandinavos, apesar da paleta monocromática, consegue ser também sinônimo de ambiente acolhedor, convidativo e atemporal.
O “queridinho” dos últimos tempos em buscas relacionadas à decoração, o design nórdico se destaca, principalmente, pela mistura de texturas, contrastes e tons neutros em contraposição ao mobiliário de design modernista para criar ambientes confortáveis e que convidam à permanência.
Quer captar a essência do porquê os países nórdicos são tão conhecidos pelo seu design único? Confira as dicas que listamos abaixo para fazer uma composição harmoniosa na tendência de decoração do momento.

#1: Brinque com a luz natural

Fortemente influenciado pelos dias frios e curtos de inverno da região nórdica e pelo desejo de que os interiores fossem aconchegantes e luminosos, os escandinavos optam por janelas amplas e que permitam a entrada do quanto for possível de luz natural – elemento tão valioso para eles. Assim, muitas vezes optam por não colocar cortinas nas janelas e quando as tem são extremamente discretas.
Na minha temporada em Copenhagen, capital da Dinamarca, nas residências que visitei, notei apenas cortinas de tecidos suaves ou mesmo de rolo em tons bem suaves. Nada de cortinas em tecidos sobrepostos ou esvoaçantes.

JANELAS AMPLAS DECORAÇÃO ESTILO ESCANDINAVO
Janelas amplas permitem a criação de ambientes bastante luminosos

#2: Adicione contraste

Os altos contrastes são a marca registrada na decoração no estilo escandinavo. E não nos referimos unicamente ao contraste de cores tão conhecido do preto e branco – clássica dupla imbatível que deixa o espaço atemporal – mas também ao jogo de mobiliário moderno em contraste com detalhes arquitetônicos tão comuns em edifícios históricos no norte da Europa. Essa dualidade cria uma atmosfera dramática e impactante.

CONTRASTE NA DECORAÇÃO NO ESTILO ESCANDINAVO
Quadros com molduras decoradas douradas ao fundo contrastam com pendente metálico industrial

#3: Escolha mobiliário moderno

Mesmo em espaços contemporâneos recém-construídos, a mobília moderna é fundamental.
Surgindo na década de 1950, o estilo escandinavo priorizou móveis e interiores democráticos, acessíveis e elegantes. Linhas limpas, móveis funcionais e uma paleta neutra eram marcas do estilo modernista.
Designers notáveis ​​da época – como Finn Juhl, Hans Wegner e Arne Jacobsen – conseguiram uma combinação elegante de praticidade e sofisticação. Como resultado, muitos de seus móveis permanecem em produção hoje e são muito usados na decoração no estilo escandinavo.

CADEIRA FORMIGA DE ARNE JACOBSEN E CADEIRA BORBOLETA
Cadeiras Formiga à esquerda de Arne Jacobsen e Poltrona Borboleta à direita de Jorge Ferrari Hardoy e Juan Kurchan

Assim, até hoje é motivo de orgulhoso para um nórdico ter uma peça assinada em sua residência.
As mesas Saarinen e as cadeiras Cisne, por exemplo, são aquecidas por toques de madeira clara e tons pastéis de couro ou linen que ajudam a tornar o espaço mais orgânico.

MESA TULIPA SAARINEN NA DECORAÇÃO NO ESTILO ESCANDINAVO
Mesa Saarinen, também conhecida como Mesa Tulipa, do designer finlandês Eero Saarinen

#4: abrace os tons neutros

Cores em tons suaves de taupe, marfim e sálvia, fotografia em preto e branco, galhos secos de árvore, couro e elementos têxteis em tons terrosos, pinceladas de cinza. Todos esses elementos servem como detalhes decorativos minimalistas.

TONS DE CINZA NA DECORAÇÃO NO ESTILO ESCANDINAVO

#5: pense acolhedor

Hygge é uma palavra dinamarquesa, sem tradução para o português, que significa aproveitar os prazeres simples da vida, como uma casa aconchegante, uma comida gostosa ou estar com amigos.
Os dinamarqueses tentam incorporar essa filosofia em todos os aspectos de sua decoração: torne-a o mais aconchegante e confortável possível. Uma cama desfeita, uma manta jogada sobre o sofá, uma xícara de chá sobre a mesa. Traga para dentro de seus ambientes elementos que aumentem ainda mais o aconchego.

CONCEITO DE HYGGE NA DECORAÇÃO NO ESTILO ESCANDINAVO

#6: misture texturas

Os móveis funcionais com linhas simples e a paleta neutra de cores que marcam o estilo escandinavo podem, em certa medida, parecer frios e poucos convidativos. No entanto, ao adicionar texturas impactantes aos quadros e uma mistura harmoniosa de texturas de tecidos, os ambientes se tornam acolhedores.

ILUMINAÇÃO NATURAL NA DECORAÇÃO NO ESTILO ESCANDINAVO

#7: use madeira

A madeira é frequentemente incorporada ao design de um ambiente nórdico através, especialmente, dos pisos e mobiliário.

MADEIRA E CORES NA DECORAÇÃO NO ESTILO ESCANDINAVO

Brinquedos de madeira, como o icônico macaco de madeira do designer dinamarquês Kay Bojesen, introduzido em 1951, também podem ser colocado para dar um ar nostálgico a quartos infantis.
Muitas vezes, os designers justapõem o material duro e denso que é a madeira com tapetes ou tecidos de pele de carneiro para suavizar a sensação de um espaço. Seguindo a estética clara e dos ambientes escandinavos, as madeiras leves são normalmente mais utilizadas.

MACACO KAY BOJESEN BRINQUEDOS DE MADEIRA
Macaco de madeira do designer dinamarquês Kay Bojesen dá uma atmosfera vintage à quarto de criança

#8: adicione pequenas rajadas de cor

Quando a cor é usada nos interiores escandinavos, geralmente ocorre em pequenas rajadas ou tons brilhantes – quase como no estilo de uma galeria de arte.
A arte colorida é pouco encontrada nos interiores escandinavos, mas quando é, geralmente é em múltiplos gráficos, como nesta série de gravuras ao fundos da sala de estar.

AZUL NA DECORAÇÃO NO ESTILO ESCANDINAVO
CORES QUENTES NA DECORAÇÃO NO ESTILO ESCANDINAVO

#9: incremente com vegetação sem flores

Plantas e outros vegetais são usados ​​para iluminar espaços e dar vida a uma sala. Esses elementos vivos oferecem um toque de cor e contribuem para a essência natural e minimalista do design escandinavo.

PLANTAS QUE COMBINAM NA DECORAÇÃO ESTILO ESCANDINAVO

#10: mescle diferentes estilos

Embora eles se voltem mais para a escolha de elementos modernistas, os interiores escandinavos geralmente apresentam uma mistura de períodos e estilos para fazer com que um espaço pareça, novamente, acolhedor e em camadas.

Até aqui, ficou claro que a decoração escandinava teve um impacto indelével na maneira como os arquitetos e designers de interiores encaram a concepção de novos projetos.
Espero que você, profissional da decoração ou não, aproveite as dez dicas aqui apresentadas para criar seu próprio espaço de inspiração escandinava com elegância e acolhimento.

Até a próxima!

CASA Uau!! – Arquitetura e Dicas de Decoração

Júlia - Casa Uau

Publicações

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *